O CRIME DE ROUBO ANTE A INEXISTÊNCIA DE VALORES NA POSSE DA VÍTIMA

No concurso para Delegado da Polícia Federal, em 2013, foi perguntado se a interceptação de um carro forte vazio, por criminosos fortemente armados, descaracterizaria o crime de roubo, subsistindo apenas o crime de constrangimento ilegal qualificado pelo concurso de pessoas e emprego de armas. A doutrina classifica os crimes, dentre outras classificações, em simples e complexos. Crime simples é aquele que apresenta um tipo penal único. Ex.: CP, art. 121 (homicídio); CP, art. 129 (lesão …

O CRIME DE ROUBO ANTE A INEXISTÊNCIA DE VALORES NA POSSE DA VÍTIMA Leia mais »

Rolar para cima